quarta-feira, 15 de abril de 2009

Aconteceu comigo

Isto aconteceu comigo, em Vila Real de Santo António, num conto.
.
«Estava a olhar para o rosto do romano, sem saber bem o que fazer, quando todo o corpo se afundou. Logo a seguir, dei com muito movimento nas águas, que ficaram vermelhas de sangue. Um peixe, algum peixe dos grandes tinha abocanhado o romano. Pensei nos filmes com tubarões. Pensei também se seria correcto dizer peixe no caso de um tubarão. Na volta nem tinha sido um tubarão. Lembro-me de que pensei também num atum.»
.

2 comentários:

edu disse...

A mim faz-me lembrar a história do Jonas, quando é engolido pela baleia, tirando a parte do sangue, claro. Parabéns pelo Blogue e pela qualidade da escrita que empreende, em defesa da Língua Portuguesa e em promoção da nossa Serra de Monchique.

amv disse...

Obrigado pelas palavras que aqui deixou. Abraço

António