quinta-feira, 10 de julho de 2008

Livros quase de cabeceira

Não são fotos de agora, já têm algum tempo. A Tecla com Dan Brown («Anjos e Demónios») e o Lito com um livro fabuloso que eu próprio traduzi, de Juan José Millás, chamado «Contos de Adúlteros Desorientados». Já os dois filhos (Palhinha e Punkinho) é mais banda desenhada, e os quatro cães nem isso.
.

3 comentários:

Anónimo disse...

É urgente criar um Plano Nacional de Leitura para a espécie canina.

perry mason disse...

Apoiado. Proponho já alguns títulos para leituras recomendadas: Cão Como Nós (Manuel Alegre), Olhos de Cão Azul (Gabriel García Márquez) e alguns dos livros de Saramago (os que têm cães).

Luís Graça disse...

E agora, caros amigos do Floresta-do-Sul, tenho o prazer de vos apresentar...não UM, mas DOIS gatos a dormir!