sábado, 24 de maio de 2008

A ditadura

Um clube a viver num regime de ditadura. Dias da Cunha disse uma vez que o futebol português precisava de um 25 de Abril (o comentador Rui Santos acrescentou, e bem, que um 25 de Abril não chegava, talvez só um 50 de Abril). O que Dias da Cunha estaria longe de imaginar era o Sporting de hoje sufocado por uma ditadura, uma ditadura cobarde (como são todas as ditaduras). O clube também precisa de um 25 de Abril. Ver aqui.

1 comentário:

Santarém disse...

Um clube que está a ser esvaziado por dentro em favor de uma SAD de investidores-accionistas (mesmo que mantenha o nome).
Para isso é preciso 'mão-firme', porque a estratégia ainda não está totalmete consumada.
No meu disto tudo, Dias da Cunha foi ingénuo e rodeou-se das pessoas que agoram 'não lhe merecem crédito'.
Tal como o amor que é bom enqunto dura, as boas memórias do Sporting persistirão mesmo para além do eventual fim.
25 de Abril, poderá haver, quando houver capitães suficientes (e já agora, alguns generais).
Haverá ?...