domingo, 25 de maio de 2008

Tipo Estoril Open

Um comentário sobre a feira do livro (Lisboa) copiado do blog da revista «Ler».

De Bewogri a 25 de Maio de 2008 às 10:20
Não sei como funciona a APEL, o Diário de Notícias publicou uma notícia muito pouco elogiosa. É bom que se renove a Feira do Livro, que haja um café de jeito e mais do que uma ou duas esplanadas. Por outro lado, a Leya quer transformar a Feira do Livro num "evento social" e atrair as pessoas pelas razões erradas. O grupo responderia que não existem razões erradas, e onde há monopólio não há contingência. Será que nem a Feira do Livro consegue sobreviver ao folclore? Que daqui a uns anos vai haver uma "festa lendária" de encerramento? Vai ser como no Estoril Open, com a lotação garantida na tenda VIP mas nem sempre nas bancadas? Vamos ter a Caras e a Lux por lá a fotografar o Santana Lopes? Evitou-se tudo isto com o apoio da câmara. Se a Feira do Livro se transformar numa festa de "sponsors" então deve retirar-se o apoio da câmara. De qualquer maneira, eu vou lá para comprar livros (como um bom consumista), quem lá for para a festa, então que pague o consumo mínimo (a Leya agradece).

1 comentário:

Luís Graça disse...

Pois. Eu também já tinha comentado que a Praça Leya me lembrou o Estoril Open.
Primeiro dia de prova e ainda há martelos a carpinteirar.