quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Afinal, entre a Amadora e a Suiça não deve haver grande diferença

Pelo menos a diferença entre a Amadora e a cidade de Basileia. É a ideia com que fico depois da vitória nas calmas do Sporting esta noite (Basileia 0, Sporting 3 – Pereirinha e Liedson 2), que facilmente me faz lembrar o jogo do fim-de-semana passado com o Estrela a Amadora. Havia quem estivesse preocupado com a falta de jogadores por causa das lesões (Rui Oliveira e Costa, por exemplo, confessou isso na televisão), mas eu não me parecia que fosse caso para tanto; por vezes, o que me preocupa é a abundância de jogadores (?), por exemplo aqueles tipo Purovic, Farnerud e só não digo Polga para não ser insistente. Esta noite a equipa jogou com o onze, digamos assim, certinho (imagine-se o que teria sido colocar Purovic ao lado de Liedson…). Pereirinha sabe jogar futebol, Tiuí a mesma coisa ainda que não sendo um craque, e por aí adiante; Polga lá andou como sempre tem andado e até foi substituído, Ronny mesmo tapado por Grimi (bom jogador) pôde jogar um bocado, o guarda-redes vai resolvendo as confusões e Liedson parece que está novamente a acertar com a baliza. Mais duas notas: primeira, ainda sobre as semelhanças entre a Suiça e a Amadora, o humor de Paulo Bento ao fazer mais uma vez entrar Farnerud na parte final; segunda nota, se no Sporting Purovic continua felizmente no banco de suplentes, sem entrar nem que seja para jogar (?) um minuto, os suíços a meio da segunda parte fizeram entrar um Perovic (não reparei se sabe jogar ou se a diferença para Purovic é só o «e» em vez do «u», e não reparei porque nessa altura andava a espreitar de vez em quando o jogo do Benfica, que parecia divertido).

5 comentários:

Luís Graça disse...

Não vi o jogo.
Desloquei-me ao Estádio S.Jorge e apostei nas belas declarações do trio atacante da "& Etc": Victor Silva Tavares, Alberto Pimenta e Rui Caeiro.
Belo documentário!

Manuel Leão disse...

António:

Há muito que digo aos meus companheiros de bancada que Pereirinha é um bom jogador. Não será uma estrela, nem isso é muito importante. É um pouco tímido e tem um "low profile". Necessita urgentemente de um nome "de Guerra". Pereirinha, não é nome de jogador.
Tiui é um bom jogador, mas não "ponta-de-lança". É uma boa aposta para jogar ao lado do Liedson.

Saudações Leoninas.

Anónimo disse...

Grande Escola a leonina!

Patrício, Veloso, Moutinho, Pereirinha!

De louvar sem duvida!

http://lusofootball.blogspot.com/

Saudações Leoninas!

amv disse...

Manuel

Nome de guerra... O Rui Oliveira e Costa costuma chamar-lhe Parreirinha; não é grande ajuda, mas pronto, é o que se pode arranjar. Nem todos os jogadores se podem chamar, por exemplo, Farnerud, Purovic, Had ou até, recuando um bocado, Robaina, Kmet, Krpan, Fumo, Kutuzov, Babb, Dimas, Kirovski, Katzirz, Delfim, Paíto, Jason, Gisvi, Esmoriz, Ouatara, Edel, Duílio, Eskilsson, Festas e por aí adiante. E Manuel Fernandes, será nome de jogador? E Jaime Pacheco? E Ivone De Franceschi?

António

Manuel Leão disse...

António:

Eu brinquei um pouco com a questão do "nome de Guerra".
Mas é notório que, para futebolista, "Pereirinha" é um nome que transmite uma certa ideia de fragilidade.

Ora, sendo ele um indivíduo tímido, carece de um nome mais afirmativo. O que não acontecia com
Manuel Fernandes, Jaime Pacheco ou Ivone De Franceschi.

Saudações Leoninas!