segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Pergunta discreta

O avançado angolano Manucho integra a equipa ideal da Taça das Nações Africanas (Drogba, por exemplo, foi escolhido para suplente). É o mesmo Manucho que o Manchester United acaba de emprestar ao clube grego que é treinado por José Peseiro. Mas o Sporting não tinha um protocolo qualquer assinado com o Manchester United, algo que poderia ter sido utilizado para conseguir o empréstimo do jogador? – pelo menos os gestores (?) do Sporting, em tempos, gabaram-se do protocolo que tinham conseguido e das vantagens que dele o clube poderia retirar.

4 comentários:

Manuel Leão disse...

António:

Bem observado!
Ou anda a dormir Ribeiro Telles ou Soares Franco ou ambos. É difícil ser Soares Franco porque, na hora que ele "dá" ao Sporting, diariamente, a probabilidade de ele ter tomado conhecimento dessa situação é muito remota. A maior probabilidade é o negócio ter sido feito ou antes ou depois de ele estar ao serviço do SCP.
Isto é, se aconteceu antes, foi cedo demais e se aconteceu depois, foi tarde demais.

Saudações Leoninas, sem hora marcada.

amv disse...

E depois, nem estava a lembrar-me disto, com a guerra que o «nosso» presidente da tal hora diária (e da atracção pelos segundos lugares) arranjou com o Carlos Queirós e com o Ferguson, onde é que já deve ir o protocolo? Eu já escrevi aqui uma vez que o Purovic era uma espécie de Soares Franco de calções; se calhar, o que devia ter escrita é que o Soares Franco era uma espécie de Purovic de fato e gravata.

António

Jorge Fino disse...

Queiroz nunca permitiria que Manucho viesse para o Sporting. Claro que o emprestou ao seu amigo Peseiro. Quem é que não compreende isso?

CLeone disse...

teoria da conspiracao de treta. manucho nao vem pelo mesmo motivo que ninguem, do SCP ou de POrtugal, o contratou, falta de olho. E o protoclo foi so' fogo de vista para embrulhar a saida do Ronaldo, nunca deu nada