sábado, 11 de agosto de 2007

Ora aí está...

Ora aí está a Supertaça. O jogo pareceu-me sempre seguro, tirando um susto ou outro (o descuido de Tonel com a mão, dentro da grande área, por exemplo, ou a bola no poste do polaco careca). Paulo Bento armou bem a equipa (vamos esquecer a desconfiança que mostrou em relação a Ronny); já Jesualdo Ferreira foi uma confusão do princípio ao fim, coisa que alías se esperava. Curiosamente, o golo foi marcado por um jogador de qualidade mas que pouco tem feito neste começo de época (um caso parecido ao de Vukcevic); redimiu-se agora com um remate notável. Porto 0, Sporting 1 (Izmailov); o golo está aqui (de alguma forma, fez lembrar o golo de Rodrigo Tello na vitória da época passada em casa do Porto, para o campeonato; ver aqui).

5 comentários:

GreenPower disse...

O penalty não é, simplesmente para quem já jogou futebol sabe ver que quando um jogador se faz a um lance aéreo, ao saltar na posição em que Tonel saltou, as mão ficam sempre e sempre naquela posição, nunca vi nenhum saltar naquela posição a tentar o corte com a cabeça e ter as mãos encostadas ás ancas, portanto e como foi bola há mão e não mão há bola, e como a bola não sofreu qualquer mudança de trajectória, indo mesmo parar em perfeitas condições ao jogador do porto para o qual foi feito o passe, julgo que a questão de que se foi ou não penalty não devera ser feita, principalmente pelo senhor jesualdo.

Quanto ao resto do jogo é verdade que Izmailov a nível ofensivo esteve um pouco apagado, mas quem não este? Toda a equipa não soube fazer a bola rolar com precisão no ataque, vários passes errados e feitos em condições desfavoráveis e para o jogador errado por isso...
Já a nível defensivo vi muitas e muitas vezes Izmailov a recuperar bolas no nosso meios campo e mais atrás frente a Abel!

Izmailov esteve bem, Moutinho, Veloso tem de treinar mais os seus remates e passes ofensivos, romagnoli ainda está em pré-época, e Derlei luta muito e teve dois lances muito perigos de cabeça que pelo menos um podia ter dado em golo, saiu por cima da barra por pouco!

Um jogo um pouco lento, mas era uma final e era o primeiro jogo a sério nesta época por isso, ate nem foi assim tão mau!

Saudações Leoninas!

AMV disse...

Pois é, não foi nada mau.

E eu não disse que foi penalty; falei foi em bola na mão, ou mão na bola(é muito difícil dizer com todas as certezas). Mas isso não interessa, a verdade é que nesse lance tivemos mesmo sorte; aquele árbitro, pelo que dele se conhece, se se tivesse apercebido do que aconteceu, o mais certo seria ter logo apitado.

O Jesualdo, enfim, deixá-lo falar.

Um abraço

Luís Graça disse...

Não há hipótese!
Eu bem quero acreditar, mas a realidade vai-me penalizando.
Péssimos espectáculos desportivos na Volta a Portugal em ciclismo e na Supertaça de futebol.

No ciclismo, uma "marmelada" pegada na subida para a Senhora da Graça. Todos a marcarem-se e depois um pequeno sprint no último quilómetro, o que permitiu a Cândido Barbosa manter a amarela.
O Fernando Emílio bem lhes "deu na cabeça" em A BOLA, no artigo de ontem.

Na Supertaça de futebol, um jogo a raiar a mediocridade total. Passes e mais passes para trás, mocada, manhosices, ausência quase total de remates. E um golo que não pertenceu ao jogo. Era de outro filme.

Sou sportinguista, mas não posso ficar satisfeito com espectáculos (?) destes.

Vi muito melhores espectáculos em Vale do Lobo, no ténis do Grand Champions. Mais vale um Borg com 51 anos a jogar do que um Sporting--FC Porto a engonhar.

AMV disse...

Luís

Isso do ciclismo... Tu ainda és alguma coisa à Senhora da Graça?

Luís Graça disse...

Não sou, mas podia ser. Passei por lá em reportagem para a Gazeta dos Desportos, em 88 e 89.
Uma loucura!