domingo, 10 de agosto de 2008

No escorrega

O Lito a dormir no escorrega, por aqui, um destes dias.
.

2 comentários:

antónio souto disse...

Raio do Lito, nem brinca nem deixa brincar. Se ao menos o ouriço lhe desse um empurrãozinho...
Ó Luís (Graça), um destes bichanos é que te ficava bem lá em casa, na Av. da República - não dava trabalho e, pelos vistos, pouco ou nada deve comer nos intervalos da dormição...

Luís Graça disse...

Caro António (Souto):
Eu bem gostava de ter um animal cá por casa, mas não há mesmo condições de espaço.
Isto já está complicado para os humanos.

Não sei se o Lito aprecia andar de escorrega. Há muitos anos levei o meu cão Beauty a andar de escorrega no jardim fronteiro à Casa da Moeda, onde ia sempre passear.

Peguei nele ao colo, subi a escada com uma mão (e muito cuidado) e lá desci com o cão ao colo.

Quando chegámos, o cão foi à vida dele. Ainda lhe perguntei e fiz menção de o agarrar: "Outra vez?". Fartou-se de ladrar-me, apesar de estar a dar ao rabo. Não apreciou a experiência.