terça-feira, 26 de agosto de 2008

A flor dos jograis irrequietos

Fotografada esta tarde, junto a uma oliveira aqui do monte, sem que os jograis dessem por nada. Se fossem mais sossegados, provavelmente teria sido impossível fazer a fotografia (na volta desapareciam em menos de nada, mal dessem pela minha presença).
.

2 comentários:

adsensum disse...

Fantástica.

antónio souto disse...

Nem só de felinos vive o Alentejo, mas de cores, de muitas cores... Não fora a precisão do momento e tudo passaria ao lado. Boa máquina e boa pontaria! Continua a dar-nos o prazer da descoberta, como quem escreve!