sábado, 5 de julho de 2008

Sesta de sábado

Outro bom título para um romance. Mas de quem?
(foto tirada esta tarde, por aqui)
.

6 comentários:

Silvana disse...

Talvez o próximo de Margarida RP... Ou então de Lobo Antunes, com uma adaptação (Sesta de Sábado numa Noite Escura)

Perry Mason disse...

Também vou pela MRP. Ou Rita Ferro.

Luís Graça disse...

Este gato não existe!
Passa tanto tempo a dormir que eu tenho mesmo a sensação de o conseguir raptar sem grandes dificuldades...

Mas é um belo gato!

a. souto disse...

Parece que o bichano não faz outra coisa desde o passado dia 14 de Junho do que dormitar. Mas é esperto, o molengão, que as orelhas mantem-nas alerta, como quem aguarda uma presa mais afoita...
Poderia servir de mote para 'un cuento' de Alonso Zamora Vicente, um amigo meu de coração que há pouco faleceu, em Madrid, Secretário Perpétuo da Real Academia Espanhola e grande mestre e teórico de dialectologia hispânica.
Recordo o seu livro de contos Voces sin Rostro e um dos seus contos «Solfa Gatuna»: "Este es Tempranillo, verdadero bandido de los tejados. Padece unos eneros verdaderamente tumultuosos. Se ve que tiene sangre caliente. Y esta es Tosca. Se tira desde la terraza dos o tres pisos para abajo cada lunes y cada martes, con la ventaja de que no hace gorgoritos. Y nunca se mata, porque es de tierra inmortal, del secano burgalés. me la regaló niña aún, la mujer de la limpieza."

Luís Graça disse...

Li as palavras de Alonso Zamora Vicente (belas) e ouvi-as com a voz do grande actor Fernando Ferran Gomez. Não sei porquê.

Nego Jé disse...

Os gatos são lindos!!! e o Blog está muito legal!!!