quinta-feira, 26 de junho de 2008

O convidado 66

Há um texto meu no «Corta-fitas», mais propriamente aqui (rubrica «convidado de honra», número 66, 25-06-08).
.

1 comentário:

Manuel Leão disse...

António:

Muito bem!

Nessa altura prestava eu serviço militar obrigatório na Guiné. E nem queira saber como lá ecoou o som da cadeira a bater no chão. Não se levantou nenhum bando de estorninhos, mas sim de rolas, porque pombos não existiam por perto.
E o relógio da História passou a bater com mais força! É que ainda faltavam seis anos! Força relógio, não te atrases!

Um abraço.