quarta-feira, 2 de abril de 2008

Muda-se o tempo

Finalmente deu para jantar na rua por aqui. Foi a primeira vez este ano. Com muitos sons da noite: de grilos, de rãs, de uma ou outra coruja. Muda-se o tempo...

3 comentários:

Luís Graça disse...

Bom proveito...

Anónimo disse...

Que inveja...
Sandra

Manuel Leão disse...

António:

Sem inveja. Disfrute.

Só um louco trocaria isso pelo eixo Norte-Sul.

Eu não tenho nada de semelhante a isso, mas não me posso queixar. Não tenho a sorte grande, mas tenho uma aproximação. Mas ainda não comi na rua este ano; mas até já poderia ter comido.

Há que fazer opções. Não se pode ter o Sol na eira e a chuva no nabal. A menos que o nabal fique muito longe da eira! Por exemplo, nabal nos Açores e a eira em Nice.

Um abraço.