domingo, 17 de fevereiro de 2008

Uma esperança

Continua no «Corta-fitas» a série «Por qué no te callas?», de Pedro Correia, protagonizada por José Sócrates. Talvez um dia Sócrates se cale, nem que seja por ter ganho alguma vergonha. Eu não acredito muito, mas há sempre uma esperança.

2 comentários:

Manuel Leão disse...

António:

Gosto de ver pessoas optimistas.

Mas, pelo sim pelo não, é melhor esperar sentado. Puxe uma cadeira, por favor.

Um abraço.

amv disse...

Manuel

Eu estava brincar. Esperanças com um tipo destes?! Só se tivesse acabado de chegar de outro planeta.

Abraço,

António