terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

15 olhares sobre o montado (XV)

Nota: último da série, iniciada aqui.

4 comentários:

Ana Dias disse...

Descobri este seu blog por acaso, numa pesquisa na net com o título de um romance seu que acabei de ler. Deu-me uma grande amiga esse livro, O medo longe de ti. Não fui logo lê-lo, só lhe peguei há uns 15 dias e fiquei deslumbrada. É uma das mais belas histórias de amor da literatura portuguesa. Parabéns!

Manuel Leão disse...

António:

Presumo que a série "Olhares sobre o montado" chegou ao fim. É, de facto, uma série composta por fotografias muito belas sobre um tema pouco visto. Tive a oportunidade de comentar a IV, mas poderia ter escrito alguma coisa sobre outras. Mas iria repetir-me certamente.
Relativamente ao comentário anterior de Ana Dias, está na altura de perguntar algo que já "está em agenda" há algum tempo.

Confesso que ainda não li qualquer livro seu. Mas os diálogos que tem publicado, aqui, "despertaram a minha curiosidade".

Sendo assim, gostaria que me indicasse uma obra sua, que considere a mais significativa. Eu sei que há autores que têm dificuldade em responder a esta questão. Afinal, todos são seus "filhos".

Chegou a altura de ler uma obra sua, pelo que fico aguardando o seu conselho.

Um abraço.

amv disse...

Ana

Obrigado pelo seu comentário. Ainda bem que o livro pôde ser uma boa leitura para si. Espero que possa ir aparecendo pelo blog.

António

amv disse...

Manuel

É difícil para mim fazer escolhas destas. De qualquer forma, sempre posso dizer que se for para diálogos, o romance «Os Sonhos e Outras Perigosas Embirrações» está cheio deles. O romance de que fala a Ana Dias é talvez aquele que me marcou mais, assim como este último («O que Entra nos Livros»), que é uma espécie de continuação. No livro «O Amor por entre os Dedos», que é de contos, há um de futebol, com um jogo entre o Sporting e o Benfica no Estádio da Luz. Os quatro primeiros livros estão esgotados e são muito difíceis de encontrar. No blog sobre os meus livros (http://os-livros.blogspot.com/) estão muitas informações de todos eles.

Um abraço,

António