segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

O jogador medíocre e os craques gregos

Em tempos escrevi aqui sobre um raspanete que o medíocre defesa benfiquista Luisão deu num colega de equipa, o grego Karagounis. Já não me lembro em que jogo foi. Fez-me confusão ver um jogador que se tem notabilizado pela sua incapacidade para a profissão estar a mandar vir com um jogador talentoso, e foi mais ou menos isso que escrevi. Agora, em Setúbal, a mesma coisa. Luisão a mandar vir com outro grego, Katsouranis (um dos melhores jogadores do plantel), e este a não se conter, como fez em tempos o seu compatriota. Luisão, pela sorte que tem em estar num grande clube (embora numa equipa fraca), clube que ainda por cima o considera uma estrela, devia passar os jogos calado para ver se o treinador não percebe como é de facto um péssimo jogador (um bom exercício para perceber isso é ver o golo que consentiu ao Belenenses há poucas semanas e um igual de Liedson no Estádio da Luz, há dois anos, quando o Sporting lá foi ganhar por três a um; isto para não falar das suas tropelias fora dos relvados). De qualquer forma, parece que em termos de castigos a coisa vai pesar mais a Katsouranis, a julgar pelo que se vai ouvindo e até por coisas como a capa do jornal «A Bola» de hoje, que traz uma foto do grego a dizer que ele está «em maus lençóis». Por mim, como adepto do Sporting, uma boa decisão até seria darem apenas uma multa simbólica ao «grande» Luisão e venderem Katsouranis. O Sporting, se tivesse quem percebesse de futebol a gerir o plantel, talvez pudesse propor uma troca com o disparatado Anderson Polga (a quem já ouvi um comentador sportinguista, por certo num momento de desvario, chamar «empolgante», pensando que estava a fazer um grande jogo de palavras). Imagine-se o jeito que poderia dar Katsouranis no meio campo do Sporting – principalmente se na fúria vendedeira dos gestores (?) de Alvalade o clube se desfizer de Miguel Veloso –, e imagine-se o que poderia fazer a parelha (o termo seria mesmo este) Polga-Luisão no centro da defesa do Benfica.
Foto: Jornal «Record»

2 comentários:

Manuel Leão. disse...

Finalmente... uma boa análise sobre Luisão!

AMV disse...

Não é uma análise difícil de fazer, é até uma análise óbvia. Mas estranhamente para muita, muita gente o homem é um verdadeiro craque. O mesmo se passa com o desastrado Polga.

António