quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Logo pela manhã

Uma abelha. Esta manhã, mesmo aqui à porta. Escondidas estavam mais umas cinco ou seis.

1 comentário:

Luís Graça disse...

A capacidade de nos deslumbrarmos com estas coisas e a vontade de as partilhar fazem de nós, Homens, seres com algum sentido.