domingo, 23 de setembro de 2007

Escritores no meu romance (8)

Alicia Giménez Bartlett, Espanha
«Rituais de Morte», leu, só para si, ao ver o livro da escritora espanhola que surgia primeiro na ordenação seguida na prateleira; depois estava um chamado «Dia de Cães», depois outro com o título «Os Mensageiros da Escuridão» e finalmente aparecia o quarto, «Mortos de Papel».
(excerto de «O que Entra nos Livros», página 125)

1 comentário:

d.e. disse...

Sim, Caríssimo Escritor, como muito bem diz na página 125, o nome da inspectora, Petra Delicado, é um bocado estranho, embora não deixe de ter graça.
Por mim prefiro o Mandrake do Rubem Fonseca ou o Jaime Ramos do Francisco José Viegas. Mandrake é o nome daquele mágico (nada velhinho!) da banda desenhada e Jaime Ramos podia muito bem ser o de um qualquer colega de escola.
Mas estes inspectores não entram no seu livro. Caramba, também não podiam entrar todos!
Estou certo, porém, que o Sr. Sapinho Júnior, escrupuloso livreiro, os tinha lá no estabelecimento de Évora. O mágico velhinho é que não deu com eles.
Um grande abraço,