segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

O senhor doutor

Coloco abaixo uma outra notícia, agora da TSF, sobre Cavaco Silva doutor em Literatura (???).

ÍNDIA
Cavaco desvaloriza protesto contra o seu «honoris causa»
( 19:00 / 14 de Janeiro 07 )
Cavaco Silva desvalorizou o protesto de dezenas de estudantes de direita, contra a atribuição do primeiro doutoramento «honoris causa» da Universidade de Goa a um português, e realçou a atitude positiva dos indianos em relação à herança portuguesa naquele país.
O Presidente da República, Cavaco Silva, desvalorizou, este domingo, a manifestação de dezenas de estudantes indianos contra a atribuição do primeiro doutoramento «honoris causa» pela Universidade de Goa a um português.«Não estou incomodado, até porque sei que quer as autoridades» de Nova Deli quer as de Goa «disseram que rejeitavam totalmente estas atitudes, muito minoritárias, contra Portugal», afirmou Cavaco Silva aos jornalistas, após a cerimónia de doutoramento «honoris causa».O Presidente da República escusou-se a comentar o incidente, considerando-o «um problema de politica interna», e insistiu em afirmar que a «relação cultural» entre Portugal e índia «é um activo».Quer em Nova Deli quer em Goa «encontrei, em todos os líderes, uma atitude positiva em relação à herança portuguesa» e, por todo o lado, «o que ouvi mais vezes foi a afirmação de que estes laços históricos com Portugal valorizam Goa como espaço de atracção turística», rematou. Cavaco Silva recebeu o primeiro doutoramento «honoris causa» em Literatura da Universidade de Goa, não enquanto presidente da república portuguesa, mas como professor doutor de Economia. Antes da cerimónia de entrega do doutoramento, cerca de 30 pessoas manifestaram-se ruidosamente contra a atribuição deste doutoramento a um estrangeiro e presidente de um país que foi potência colonizadora em três territórios na Ìndia - Goa, Damão e Diu.Os manifestantes, pertencentes a uma organização nacional de estudantes, considerada de direita, a Akim Bhartiya Vidyartih Parishad, empunhavam cartazes com inscrições como «Abaixo o Imperialismo» e «14 de Janeiro - Dia negro para a Universidade de Goa».

1 comentário:

Luís Graça disse...

Estou muito mais descansado. Afinal não foi como Presidente da República que Cavaco Silva recebeu o doutoramento honoris causa. Foi como doutorado em Economia.
Portanto, o presidente português não é doutorado em Literatura.
O professor de Economia é que é.

Também não foi o presidente português que "fugiu" da foto do Salazar, foi o professor de Economia, porque o Salazar está um bocado desactualizado e não percebe nada de globalização.