domingo, 16 de novembro de 2008

Projecto «human»

O meu novo desafio profissional é o projecto «human», da empresa Just Media. Entre outras coisas, o projecto tem uma revista mensal, que começará a sair em Janeiro de 2009 (revista «human»), e um portal de actualização diária, já a partir desta segunda-feira, dia 17.
.

4 comentários:

d.e. disse...

Felicidades para esse projecto, caro António. Se não acreditamos nos recursos humanos, em que é que vamos acreditar? - É a única riqueza que temos.

António Souto disse...

Está esclarecida a ausência, por boa causa, que nem só de blogs e palavras vive o homem! Felicidades!

Luís Graça disse...

Se houver festa de lançamento, quero ser comvidado para beber uns copos de espumamente à tua saúde física e mental.

E acho que a música principal da festa tinha de ser dos Human League. Aquela "I'm only human..." é deles?

Agora vejam lá se acertam com o projecto, porque ERRAR É HUMAN'O'.

E vê lá se bebes uns copos à minha, à tua e à saúde do Eduardo Raposo, um "Velha Guarda" do DN-JOVEM com quem tenho tido o prazer de reatar relações recentemente.

Vai lá ao "Erecções" e procura a foto a preto e branco em que a malta do DN-JOVEM está toda de joelhos a declamar à estátua do Teixeira de Pascoaes. O Raposo é logo o que está em primeiro plano, no canto direito inferior da foto.

Ele tem os blogues "Corto Maltese" e "Perfume de Laranjeira".

É amigo de uma série de amigos comuns. Ele é alentejano, tu algarvio, mas os pontos de contacto são muitos.

Orientem-se lá para se encontrarem ou se reencontrarem. A bem da amizade.

Toda a força do mundo para esta nova revista. Cá estaremos entusiasmados para ver o número um, a chegar com a força do Ano Novo.

Esta notícia e a do regresso da Première são duas coisas boas da minha vida. A Première porque renasceu das cinzas com uma equipa de grandes amigos meus; esta tua revista porque soubeste transferir-te de um clube para o outro num curto espaço de tempo. É preciso paixão, esforço e talento.

Dá-lhes com força e que Deus te arrebente de saúde, como diz o meu amigo Paulo Barriga.

Exijo uma secção fixa dedicada ao Ouriço, consagrada à crónica, chamada "EU NUNCA ME PICO, DIGAM O QUE DISSEREM".

Uma secção semestral dedicada ao bonequinho do Fernando Pessoa chamada: "NEM ÀS PAREDES CONFESSO".

Uma secção consagrada ao espírito alentejano, escrita pelo Lito, com foto a abrir, chamada:"A SESTA DE MORFEU".

E uma secção dedicada aos teus cães, chamada: "MONGE E COMPANHIA", com vários episódios, estilo "Os cinco" e "Os sete".

Os primeiro episódios podiam chamar-se:

--- O Monge vai ao banho.

--- O Monge e os pirilampos toxicodependentes.

--- O hálito não faz o Monge.

(uma aventura em que um miúdo de Montemor, por brincadeira, enche a taça de água do Monge com Carvalho, Ribeiro e Ferreira, vintage).

me disse...

dá-lhe gás!
:)