sexta-feira, 8 de junho de 2007

Começos prometedores - 1

«O voo 714 para Sydney, da Air Kunilingus, não se esparramou todo no oceano porque não calhou. Ainda não devia ter a hora marcada.»

Início do conto «A mulher que se portava mal nos aviões», incluído no livro de Luís Graça «A Mulher que Fazia Recados às Putas e Mais Contos Perversos» (edição do autor, 2007)

2 comentários:

Luís Graça disse...

Um bocadinho de "making of", para os mais curiosos.

O número do voo foi inspirado no álbum do Tintim "Voo 714 para Sidney" (agora está-me a dar uma branca nocturna e não estou certo da grafia de uma das minhas cidades favoritas, apesar de nunca lá ter estado).

A nome da companhia de aviação inspirado na "Air Lingus".

E bastou-me isto para começar a voar nas escrita.

amv disse...

Da Air Lingus não sabia, do voo 714 claro que sim, já quanto à grafia da cidade pensei que poderias ter sido mordido num calcanhar por um senhor de apelido Pinho que começou a sua carreira de mudanças duplicando um L no nome da minha terra.